agosto 1, 2016 Barbas e etc 8 Comentários

Barba Falhada, buracos na barba, pedaços sem crescer.

Parece que para muitos dá uma tristeza danada.
Parece que não tem solução.

Uma coisa precisamos entender definitivamente sobre as barbas: a GENÉTICA!

A genética determina o seu tipo de barba, de fios, de desenho, e quantidade de fios também.

Mas perguntamos : será que minha barba então não tem jeito? Pera lá caro barbado!

Tem solução. Mesmo que sendo fios mais espalhados você pode preencher mais sua barba, isto se houver o “bulbo” capilar.
Veja ele:
bulbo_capilar-elan_mello_micropigmentacao_capilar23311

Na pele do rosto, os fios podem ter dificuldade de desenvolver, e sendo timidos demais não conseguem sair da pele, podendo até mesmo o bulbo morrer.

Há um pequeno músculo que empurra o fio para fora!Fantástico! Mas ele pode ter dificuldade de fazer o fio sair, e o fio então ficar timidamente pequeno ou imperceptivel, até não mais sair e o bulbo morrer. Isto é a razão para muitas falhas em barbas.
Lembre-se, onde não tem bulbo capilar, não nasce mesmo.

Mas temos uma solução: o tal “Minoxidil”. Uma fórmula quase mágica que foi desenvolvida a priori para questões cardíacas mas perceberam que ela impulsionava os vasos sanguineos a dilatarem e causava o desenvolvimento dos pelos. Seja no couro cabeludo da cabeça ou do rosto, que é diferente, o minoxidil auxilia no desenvolvimento dos fios.

Não raspar a barba é outro ponto. Muitos acham que raspando desenvolve. Pura mentira. De fato a lamina corta rente a pele, tendo o bulbo de produzir o “fio” e os pequenos musculos retomarem a força para fazer o fio sair do rosto. Por isso quem deixa o cavanhaque só tem ele…percebeu?

O corte também ajuda você a “disfarçar” os espaçamentos entre os fios.

Esta postagem é um inicio de uma série que estamos elaborando para lhe ajudar com sua barba, seja falhada ou não.

Em breve estaremos lançando o MX, nosso minoxidil desenvolvido para a pele do rosto. Exclusivo e mágico!
mx
Conte conosco.

Lets grow the beard.
Combarba.com

Postado por flavia cedrto